domingo, 22 de dezembro de 2013

Popular foi acordado e morto por indivíduos encapuzados na Favela do fio.


Dois indivíduos armados invadiram uma residência na Favela do Fio e mataram o morador na frente da esposa na madrugada de domingo 22 de Dezembro de 2013 em Mossoró no Rio Grande do Norte.

Carlos André Bezerra, 34 anos de idade morador da Rua Vingt Rosado Neto, teve sua residência invadida por dois indivíduos encapuzados se dizendo policiais. Eles arrombaram o portão da residência e acordaram o casal, por volta de 2 horas da manhã.

Segundo informações da esposa da vitima, os elementos perguntaram se o casal estava sozinho em casa. Eles mandaram a mulher entrar e sentar no sofá da sala e efetuaram um disparo em André que caiu sem vida entre a porta da frente da casa e o portão de saída da rua. Segundo informações André era trabalhador e não tinha envolvimento com negócios ilícitos.

Histórico:

No dia 26 de abril de 2011 na favela do fio no bairro Santa Delmira em Mossoró “Randieri Herculano da Silva”, 17 anos de idade, filho de André, morador da Rua João Paulo II, foi executado dentro de casa com cinco disparos de arma de fogo. Randieri teve a residência invadida e foi morto na frente da esposa.

Nove meses depois, no dia 23 de Fevereiro de 2012, “Raniclecio Herculano da Silva”, de 17 anos de idade, irmão de Randieri e filho de André, foi morto com um disparo de arma de fogo, na testa na rua Pastor Manoel Nunes da paz, no conjunto Promorar por volta das 16 horas e 20 minutos.

Nem a Policia nem a família confirmam se a morte de André na madrugada de hoje, tem relação com as mortes dos filhos.

A policia militar fez o isolamento do local do crime para os procedimentos da equipe do Itep. O corpo de Carlos André Bezerra foi removido e será necropsiado na sede da Unidade em Mossoró.

Nenhum comentário:

Postar um comentário