62ª: Carroceiro executado na porta de casa pelo marida da sua sobrinha foi o crime de numero 62 em Mossoró em 2015


Mais uma morte violenta foi registrada na noite de sábado 30 de maio de 2015, na favela do Fio próximo ao Santa Delmira em Mossoró Rio Grande do Norte 

Jailson de Paiva Vieira “Galeguinho” de 27 anos de idade, natural de Catolé do Rocha, morador da Rua José Malaquias de Oliveira foi morto com cerca de cinco disparos de arma de fogo, no meio da rua onde morava. O acusado, Micael Holanda é casado com uma sobrinha da vítima. 

A motivação para o crime pode ter sido uma discussão envolvendo o acusado, “Micael” e Galeguinho, por causa da esposa de Micael, que é sobrinha da vítima. 

Segundo informações de familiares, no mês passado Micael, teria forçado sua mulher, com 15 dias de resguardo, a manter relações sexuais com ele, além de espanca-la, com chutes nas pernas. A mulher ficou com problemas mentais e se encontra internada no Hospital São Camilo de Lellys. 

Ontem Galeguinho, teve uma discussão com o acusado Micael e o teria chamado de covarde e estuprador e que ele teria espancado a mulher, mas não teria coragem de bater nele, Galeguinho. 

Hoje Micael Holanda, passou o dia bebendo e no início da noite quando Galeguinho, saia de sua casa na Rua José Malaquias, para a casa de sua mãe, foi seguido pelo acusado que efetuou vários disparos nele que caiu sem vida a poucos metros de morava. 
Continue Lendo: www.ocamera.com.br

Comentários