145ª Morte violenta em Mossoró: Pedreiro é morto na frente de sua casa no Belo Horizonte

 A cidade de Mossoró, no Oeste do Rio Grande do Norte, registrou na manhã de hoje, 11 de agosto, mais uma morte violenta provocada por disparos de arma de fogo.
 
ocamera.com.br
O pedreiro Manoel Francisco da Mota, de 51 anos de idade, foi baleado com três disparos de arma de fogo na frente de sua casa na Rua Marinho Dantas no bairro belo Horizonte e morreu no local.

Manoel da Batatinha, como era conhecida a vítima, foi encontrado morto no meio da rua, mas ninguém sabe o que teria acontecido. A polícia recebeu informações de populares que o mesmo teria participado de uma tentativa de homicídio, mas segundo a família, ele era trabalhador e não tinha inimigos.

Segundo informações, Manoel trabalhava como pedreiro no Hospital da Policia Militar e nos finais de semanas e feriados, vendia batatinhas em frente ao teatro no centro de Mossoró para complementar a renda da família.

Quando um dos filhos de Manoel chegou ao local encontrou o portão da frente da casa aberto e com marca de um disparo. O perito criminal Jader Viana identificou três perfurações, nas costas e cabeça de Manoel, provocadas pelos disparos.


O corpo foi removido e será necropsiado na sede da Unidade Regional do Itep em Mossoró.

Comentários